Jump in

20 de mai de 2012

■ 'Easy Rider' Em videogame. Conheçam Road Rash!

Em 1969, as plateias de todo os Estados Unidos, ficarm embasbacadas com James Hopper, Peter Fonda e Jack Nicholson, em cima de suas motos, fumam maconha abertamente (e de verdade) em um filme, chocando a todos e demonstrando que os 'road movies' estavam vivos (chapados, mas vivos!).

Uma miríade de cenários onde dois motociclistas andam em suas motos..... Hum, melhor deixar meu lado cinéfilo para lá e me concentrar no delicioso assunto que é o 'must have' dos colecionadores hardkores/oldcores de videogames:

Road Rash



Uma série que começou sendo lançada em 1991, para o console Mega Drive pela Eletronic Arts, de uma forma meio que... Undergound, mas que, se duvidar, não imaginavam que iria criar tantos fans.

Antes do seu lançamento, o que era repassado por comerciais dizia que o jogo era uma corrida ilegal de motos, em estradas movimentadas, onde teria confrontos contra a polícia local.

Em seu início no Mega Drive/Genesis, onde foi sua plataforma base, praticamente ninguém demonstrava um grande interesse nesse jogo, que estava sendo lançado apenas como apenas 'mais um' jogo lançado por uma empresa de padrões medianos e que tentava emplacar em uma área onde o mais forte, era sem dúvida nenhuma, o jogo Super Hang On, lançado pela Sega. Realmente!

Em suas primeiras críticas, as pessoas ficavam espantadas devido ao seu tratamento visual: As motos com seus pilotos e seus cenários, uma jogabilidade impressionante, onde o personagem principal não tem uma espécie de 'eixo central' que não o permite sair do centro da tela, podendo se locomover conforme as curvas e os terrenos diferenciados incidiam... Uma trilha sonora que remete a um estilo dos anos 70... E o sentimento de liberdade... Ahhh, impressionante dizer que, ou você, que tem o TOTAL controle de sua moto e suas atitudes como um piloto ilegal, em um racha, pode apenas correr contra os outros participantes, tomando o devido cuidado de não levar uma paulada na cabeça, ou um empurrão com os pés, ou quem sabe, ser empurrado para a frente de um carro que vem na contra mão, ou pior ainda! Tem a polícia que vem gritando e lhe dando cacetadas na cabeça pra que você pare ou desmaie (o que vier primeiro...) até que chegue no final da pista (que NÃO É UMA PISTA DE CORRIDAS FECHADA! É uma auto estrada GRANDE e LONGA!) para comemorar com seus parceiros (e quem sabe com os inimigos 'mócózados' no meio), as dicas dos outros competidores, onde pode se descobrir 'aliados' e 'inimigos' (mas esse quadro pode mudar! E muda. SEMPRE)

Eu mesmo, não havia me impressionado com a capa do jogo, na primeira vez (e olhe que eu fui o primeiro a locá-lo aqui em minha cidade natal, em uma locadora que ficava do outro lado da cidade), mas ao ligar, parece que era uma outra dimensão. Um toque de ação que não havia nos videogames até então! Fora que ainda havia o diferencial de se comprar uma outra moto quando a sua estava relativamente lenta (e não dava jeito pra alcançar os competidores...)


As pistas relacionadas ao primeiro Road Rash, eram (em uma comparação, descrita pelos produtores do jogo) baseadas no estado americano da Califórnia e contém 5 pistas (que a princípio são curtas, mas a medida em que vai se passando de nível, vão ficando BEM mais longas e BEM mais difíceis, com trechos mais complexos, levando em consideração a moto que esteja usando)

Mas é claro que havia direito a continuações!

O segundo: Grandes aprimoramentos a vista

Em 1992, depois do avassalador sucesso, chega sua primeira continuação. Com todo o 'hype' criado pelo primeiro jogo, (dessa vez) todo mundo estava praticamente seco de vontade de jogar esse jogo. As novidades impostas foram:


  • Uma grande melhora na navegação do jogo! (Concordo que não era muito fácil ficar sem se confundir com certos menus do jogo, principalmente na hora de ir comprar uma moto. Quem não tinha o manual de instruções do jogo...)
  • O encolhimento da password. Imensa na primeira versão, na segunda, já havia uma grande diferença, deixando mais fácil pra aquele caderninho que era usado pra suas anotações, de lembrar onde parou.
  • A criação do modo de dois jogadores. Na primeira versão era sim, possível se jogar de duas pessoas, porém, era um de cada vez! Claro que não era a completa perfeição, já que era jogado em dois quadros e não aproveitando a tela completamente, mas já valia a pena. 
  • Criação do modo 'mano a mano' onde você e um outro jogador (de preferência, um ser humano...), podiam escolher qualquer moto, arma, pista (incluindo sua distância) e tentar digladiar (ou derrubar) o seu adversário...
  • As pistas são, dessa vez, em várias partes dos Estados Unidos. Mais exatamente, os motoqueiros passam pelo Alaska, Hawaii, Tenesee, Arizona e Vermont.
  • Não por incrível que pareça, foi utilizado a mesma engine gráfica do primeiro jogo, onde as alterações foram (pra se dizer de uma forma mais simples) apenas 'cosméticas'...
  • A criação de 3 novos níveis para as motos: Normais, Esportivas e Turbinadas. 

E depois desse, ainda tem mais continuações!

O inicio do CD ROM

Na verdade, a continuação do jogo, sai (mais ou menos) do Mega Drive, onde viria a ter sua 3ª versão  depois desse jogo, que mantem a qualidade com um grande avanço na sua tecnologia.

Road Rash chegou aos 32 bits primeiramente para o videogame 3DO, onde teve duas repercussões:

A primeira veio devido aos seus comerciais, onde mostravam fotos que não tinham nada a ver com a qualidade real do produto. Graças ao comercial do videogame, onde dizia que 'os seus gráficos eram REAIS', as fotos dos comerciais foram confundidas com o jogo em sí, dando as empresas interligadas a The 3DO Company, um ar de mentira em seu poderio.

A segunda veio com a qualidade do jogo. Após o seu lançamento, o Road Rash praticamente se torna o 'carro chefe' do videogame, superando TODOS os jogos que foram liberados em seu lançamento (até uma outra franquia de sucesso, chamada 'THE' Need For Speed, mas que será citada em outro artigo...)

Sobre o diferencial do jogo, em relação as versões anteriores, podemos citar...

  • O retorno ao estado da Califórnia com 5 cursos: The City, The Peninsula, Pacific Coast Highway, Sierra Nevada e Napa Valley.
  • Enquanto que o objetivo do jogo continua o mesmo (mudar pra que, né?), agora, temos mais e mais armas exclusivas para as versões (sim, esse jogo foi lançado pra Sega Saturn, Sony Playstation, SEGA CD e PC), sendo a corrente a mais conhecida e disputada.
  • Novos personagens! Enquanto que a versão MD/GEN tem apenas um suicida, piloto para a moto, nessa versão, você tem, em seu pout pourri básico, um monte de personagens que tem uma diferenciação com o dinheiro inicial, moto inicial (melhor chamar de carniça sobre rodas) e é claro, se vem desarmado ou armado!
  • A trilha sonora dele é simplesmente fantástica! Não sou fã de ficar dizendo nada sobre as trilhas sonoras de bandas dos jogos de hoje (quem disse que Justin Bieber poderia ser uma boa opção pra se ouvir enquanto corre?), mas a escolha para esse jogo ficou simplesmente bárbara! Bandas como: SoundgardenPawHammerboxTherapy?Monster Magnet e Swervedriver abrilhantaram o jogo, dando a ele a premiação de trilha sonora do ano.
  • Uma nova definição das motos, tendo os seguintes níveis: Rat Bikes, Normais, Esportivas e Turbinadas.
  • Uma excelente adição de videos no jogo (incluindo dois videoclips nas versões 3DO, Sega CD, PC e Saturn. No PSX, só tem um video)


E quanto as continuações...

Road Rash 3 foi lançado para Mega Drive/Genesis e agora, as pistas são no mundo inteiro. Existem diferenças gráficas, mas o jogo permanece com sua boa qualidade!

Não falei muito desse porque, tem a versão do SEGA CD. Na verdade, a versão CD é a mesma Road Rash 3, com um enxerto de coisas originárias do Road Rash do 3DO! 

A maior diferença do jogo é que ele conta com gráficos digitalizados, ao invés dos gráficos em formato de 'sprites cartoonizados', utilizados nas versões anteriores (e é claro, utilizando uma bela capacidade do videogame....)

Outra coisa. Voltando ao assunto das pistas, as localidades são:

Brasil (com uma trilha sonora voltada ao samba), Reino Unido/Inglaterra (mas segundo as descrições, aparentemente estão falando de 'Isle of Man', uma ilha onde não existe limite de velocidade), Alemanha, Itália, Kenya, Austrália e Japão, ou seja, são 7 pistas (diferente de seus antepassados, que só contam com 5 pistas)


Outros videogames, outros... Desafios?



Pra não prolongar a história, tivemos mais algumas versões, infelizmente, foi onde começa a decadência da grandiosa saga:

A revolução dos jogos era o 3D. Então, a Eletronic Arts começa a preparar sua saga para essa mudança pro novo formato. Os videogames selecionados? O PSX e o N64 tem suas versões próprias.

Em Road Rash 3D, o jogo tem, como diferencial, uma intrincada rede de estradas, com cruzamentos permitindo a você, andar em grandes vias.

Road Rash do N64 segue o mesmo estilo, mas... O jogo não teve uma boa qualidade com fatos como: cenário que aparece próximo, graças ao 'efeito fog' (uma espécie de neblina que faz com que os gráficos sejam montados próximo demais do jogador. pra piorar, o jogo era lento. Aparentemente, ficava legal apenas quando se fazia uma manha onde as motos eram modificadas por lambretas...

A segunda versão de Road Rash 3D para o PSX, foi muito mal aproveitada, tendo praticamente nenhuma evolução em sua engine gráfica e com a adição de apenas alguns modos de jogo. A trilha sonora teve uma decaída, onde ao invés de promover as bandas, fizeram o contrário, fazendo com que os artistas enfrentassem o ostracismo... Alem do fato da franquia Need for Speed ser a menina dos olhos deles.

Hoje em dia, estamos nas garras da EA Games, onde essa suposta versão fica apenas se esgueirando entre as quatro paredes e nada mais sai...

2 comentários:

:/ não tem nenhum road rash depois do de play?

Infelizmente não. A EA tinha planos de fazer uma nova versão (tanto que existe um suposto vídeo no youtube de um W.I.P. (Work In Progress)do jogo, provavelmente para PS2), mas depois disso, não houve mais pronunciamentos, principalmente porque a saga NFS Underground estava chegando no seu ápice com o lançamento de 'Most Wanted'

Enquanto isso, eu ainda fico na janela, namorando uma nova versão desse jogo.... Aiai...

Mas é isso! Mesmo que o site esteja um pouco parado, aguardem as novidades que chegarão (e já avisando, serão BOMBÁSTICAS!)

Postar um comentário

Solta a voz